domingo, 7 de junho de 2009

Bandeirinhas

Sobre um dia inacreditável.

Começa com estar em um lugar que, por ironia, a menina foi parar lá. Ela não tem nada que a qualificasse, mas gostava muito. E foi uma manhã deliciosa com pessoas inacreditáveis. Quem diria?

E, naquela noite inusitada, recordar meses de diferença. E aquelas músicas, aquelas danças, aquelas roupas que não tinham nada a ver, combinavam exatamente com o dia nada a ver. Era tudo muito gostoso.

Um comentário:

Vivi disse...

Foi, não foi? Foi, sim, uma delícia de dia.